FAPAN

Como acessar

Histórico

Histórico da Mantenedora

A Sociedade Objetivo de Ensino Superior – SOES e, atualmente, ASSOBES Ensino Superior S/S Ltda, denomina-se pessoa jurídica de direito privado, com sede na Av. T-02, 1993, Setor Bueno, Goiânia, Estado de Goiás, cadastrada no CNPJ do Ministério da Fazenda sob o nº 01.711.282/0001-06, é uma entidade mantenedora sem fins lucrativos que fez seu ingresso na educação superior em 1986.

Histórico da Mantida

Instituto de Ensino Superior do Pará – IESPA, ora denominado Faculdade Pan Amazônica – FAPAN, conforme Portaria SESu/MEC nº 453, publicada no DOU em 04/05/10, com endereços de funcionamento situados na Rua dos Mundurucus, 4.010, Bairro Cremação, e Travessa Vileta, 1.100, Bairro Pedreira, em Belém, Estado do Pará, foi credenciado por meio da Portaria Ministerial nº 3.379, publicada no DOU em 18/11/03, e oferece os seguintes cursos:

Deste modo, a FAPAN se propõe a formação atualizada dos alunos capacitando-os para uma sociedade em constante mudança, por meio de ensino de qualidade que utiliza tecnologias adequadas aos seus projetos, nas áreas das ciências humanas, sociais. A finalidade maior é promover o desenvolvimento do potencial dos alunos, estabelecendo condições que possibilitem a inserção no mercado de trabalho em condições de competir de modo criativo na solução dos problemas com os quais forem confrontados na busca da construção de uma sociedade melhor.

A Faculdade Pan Amazônica (FAPAN) tem como missão investir em um processo de ensino e aprendizagem que capacite os seus egressos a atenderem às necessidades e expectativas do mercado de trabalho e da sociedade, com competência para formular, sistematizar e socializar conhecimentos em suas áreas de atuação. Para alcançar este objetivo, a instituição promove a educação superior integrando a pesquisa e a extensão, visando a formação de sujeitos empreendedores e comprometidos com o autoconhecimento, a transformação social, cultural, política e econômica do Estado e da região.

Na busca por seus objetivos, a Instituição obedece estritamente aos princípios de respeito à dignidade da pessoa e aos seus direitos fundamentais, proscrevendo quaisquer formas de discriminação.
Ciente de suas responsabilidades no contexto nacional, a FAPAN projeta-se para o futuro apoiada nos seguintes objetivos:

  • Constituir-se em um centro de valorização do profissional, preservando, especializando e aprimorando os valores que o dignificam;
  • Promover intenso intercâmbio de serviços e informações com a sociedade, disponibilizando conhecimentos e técnicas sistematizadas e recebendo informações que realimentem as atividades de pesquisa e extensão;
  • Estabelecer-se como um agente de transformação com vocação para contribuir com o crescimento humano em sua diversidade, nos aspectos intelectuais, morais e materiais;
  • Promover a formação integral dos profissionais egressos de seus cursos, visando a responder às inquietações e necessidades do homem e da sociedade contemporânea, com a realização de atividades de ensino e pesquisa que privilegiem a interdisciplinaridade dos conhecimentos;
  • Utilizar-se de política e de metodologia de ensino conscientes e efetivas de graduação, frequentemente discutida e acompanhada por especialistas e educadores;
  • Contribuir para a implantação de uma ordem socioeconômica fundamentada na soberania dos povos, na dignidade da pessoa humana, na livre iniciativa, nos valores da ética, no pluralismo das ideias e na diversidade;
  • Ministrar ensino de qualidade, por intermédio de ações integradas entre a administração acadêmica, o corpo técnico e o pedagógico, com acompanhamento das atividades desenvolvidas, incentivo ao aperfeiçoamento dos recursos humanos e ao aprimoramento das condições materiais da instituição.
  • Preparar profissionais éticos e competentes, capazes de contribuir para o desenvolvimento da região e o bem-estar e qualidade de vida de seus cidadãos. Para tanto, ciente de sua responsabilidade social, busca a compreensão das reais necessidades e caminhos para que esse desenvolvimento ocorra, primando pela inclusão social de seus alunos e egressos e desenvolvendo atividades educacionais de nível superior condizentes com o que se espera de uma Instituição cujos princípios, embora sólidos, a permitam responder com prontidão e eficiência aos muitos desafios de uma sociedade em constante transformação.

A principal atividade da FAPAN está focada no ensino de graduação, desenvolvido por professores competentes e habilidosos, conscientes de suas responsabilidades sociais na busca de soluções para os problemas gerais ligados às suas áreas de concentração e às situações pontuais que afligem o cotidiano das comunidades do entorno da Instituição.

Inserção Regional da Instituição

A concepção político-filosófica da instituição na formação superior tem como pilares o Conviver, o Conhecer, o Ser e o Fazer presentes na ação pedagógica, favorecendo a formação integral do aluno e possibilitando, através de propostas interdisciplinares, da resolução de problemas e da sistematização de processos dialógicos, o Aprender a Aprender. Está voltada para a formação de competências, orientando o aluno para a busca e a construção do seu próprio conhecimento, aprendendo não só a ser profissional, mas também a ser um cidadão integrado à realidade social em que vive.

A concepção do Projeto Institucional da IES surge das necessidades e demandas da região de forma a construir e desenvolver uma massa crítica de profissionais que promovam a sustentabilidade local e sedimentem os fatores sociais, culturais, políticos e econômicos como valores fundamentais para o fortalecimento integrado da cidade e de suas áreas de influência.

Os cursos e os programas oferecidos pela IES, mediante seus projetos pedagógicos específicos, serão organizados de modo a propiciar aos profissionais em formação conhecimentos e habilidades capazes de permitir-lhes:

  • a apropriação de conhecimentos básicos relacionados às áreas que serão objeto de sua atuação profissional, articulando teoria e prática nas diferentes configurações que a práxis profissional venha a assumir;
  • o desempenho de suas atividades com competência técnica e compromisso social e político em seu contexto sociocultural de atuação.

Ao definir a qualidade e a atualização da formação como objetivo central da proposta para o ensino de graduação, a IES tem por finalidade a construção de processo coletivo de articulação de ações voltadas para a formação competente do profissional que pretende se graduar. Nessa direção, torna-se imprescindível a interação da IES com a comunidade e os segmentos organizados da sociedade civil como expressão da qualidade social desejada para o cidadão a ser formado como profissional.

A política definida pela Instituição para as questões sociais visa promover ações que permitam melhorar a qualidade de vida da população da região e modificar a educação e a cultura. A missão da Instituição inclui preparação para a liderança e acompanhamento de profundas e densas mudanças induzidas pelo avanço tecnológico e pelas novas concepções de vida dele emergentes.

A IES tem o compromisso de cooperar com o processo de desenvolvimento regional sustentável, uma vez que proporcionará aos seus alunos instrumentos técnico-científicos relevantes em seus cursos, que são úteis e básicos à elaboração de políticas públicas. A interação dos conteúdos com aspectos inerentes às questões sociais, jurídicas e ambientais, exigidas no mundo atual, possibilitará a formação de recursos humanos capazes de atuar em prol do desenvolvimento social, cultural e econômico sustentado.

No âmbito administrativo, é preciso levar em conta as novas tecnologias de gestão propostas, que têm como mote principal – além da utilização dos modernos meios de comunicação para economizar etapas e fazer fluir mais livremente o fluxo de processos organizacionais – a primazia do mérito e da qualidade acadêmica, fatores indispensáveis para se alcançar os mais altos níveis da inteligência criativa e a elaboração de novas metodologias para a abordagem de problemas tangíveis e reais da sociedade organizada.

A estrutura que se pretende implantar nessa era informacional, com a utilização dessas novas tecnologias gerenciais, abrirá espaços nos quais há possibilidades concretas de libertação das grandes patologias organizacionais: o normatismo, o burocratismo e o corporativismo, tão presentes na vida acadêmica. Essas patologias cederão e tenderão a desaparecer diante dos recursos das tecnologias virtuais, da flexibilidade orgânica e da descentralização do poder.

A IES possui uma política de expansão coerente com o atual estágio e perspectivas de desenvolvimento da região de Belém (PA).

Finalmente, resta afirmar que a Faculdade Pan Amazônica (FAPAN) adota políticas direcionadas para o desenvolvimento de estudos de situações reais e específicas para a melhor compreensão das condições de vida das comunidades abrangidas pela ação da IES.

Afinal, é premente na Instituição a preocupação de ministrar e desenvolver os conhecimentos e práticas necessárias para que os seus egressos tenham condições de atuar com competência nas empresas que escolherem em igualdade de condições com concorrentes de quaisquer regiões.